saltar menu

SAPO Família - Article

logo impressão
A Nossa Gravidez

A Nossa Gravidez

nude_pregnant_woman.jpg

1 em cada 4 mulheres americanas têm excesso de peso antes de engravidarem

Uma investigação constatou que 23,4% das grávidas de 36 estados dos E.U.A. e de Washington D.C. estavam obesas antes de engravidarem.

Um estudo levado a cabo pelo Centers for Disease Control and Prevention analisou o peso de algumas mulheres de 36 estados dos Estados Unidos da América e de Washington DC antes destas engravidarem e constatou que quase 25% estavam obesas.

 

Apesar do estudo não ter coberto todos os estados dos EUA, os investigadores consideram que os resultados são preocupantes e devem ser levados em consideração. Jill Rabin, chefe de tratamento ambulatório, obstetra e ginecologista do Long Island Jewish Medical Center em New Hyde Park, N.Y., afirmou que "é importante que as mulheres normalizem o seu peso corporal antes de engravidarem, de modo a reduzirem os riscos para elas e para os bebés."

 

Segundo o American Congress of Obstetricians and Gynecologists, o excesso de peso durante a gravidez potencia a diabetes gestacional, a necessidade de recorrer à cesariana e a pré-eclampsia nas mães, e a morte fetal e o excesso de peso nos bebés.

 

De acordo com o Institute of Medicine, as mulheres com um peso normal (com um IMC entre os 18,5 e os 24,9) devem engordar 11 a 15 quilos, enquanto que as que estão abaixo do peso (com um IMC inferior a 18,5) devem engordar entre 12 a 18 quilos. Quanto às mulheres que estão acima do peso (com um IMC entre os 25 e os 29,9) devem tentar engordar entre 7 a 12 quilos, sendo que as obesas (com um IMC igual ou superior a 30) devem ficar-se pelos 5 a 9 quilos.

 

Fonte: Huffington Post

Comentários

Artigos Relacionados